sexta-feira, 10 de abril de 2015

Disso de repartir irmamente


Em tendo de dividir, dava sempre a "maior metade" ao mano, porque sim.
Excepto se o caso envolvesse................ mil folhas de canela (de uma padaria em Guimarães que distribuía em Braga aos sábados). Nesse caso, a metade era definida com régua. Sempre.
Coisas da vida.
Passados muitos, muitos anos, se nos vier parar um bolo de canela às mãos, tenho para mim que um de nós iria buscar uma régua, não só porque é tradição mas também para não se dar o caso de ser mal dividido...

Como diz o ditado, quem parte e reparte e não fica com a melhor parte...
ahhh que vontade de trincar um bolinho de canela.................


Não é bem isto mas anda perto


PS: Guimarães teve e continuará a ter os mais e melhores supimpas saborosos e irresistíveis croissants de todo o sempre. Pessoas  do sul que prestais vassalagem a um tal de Careca, atentai no que vos teclo. Como bracarense de gema desafio qualquer um a ir a uma certa pastelaria perto da universidade em Guimarães e não sair de lá a rebolar.

PS2: E porque hoje é dia dos irmãos, informo que o meu é o maior da aldeia. Está ali um moço como manda o figurino, com algumas qualidades raras em homens desta geração e uma fonte de orgulho para a família.






6 comentários:

Ricardo Santos disse...

Gosto muito de "Duas resmas", como costumo chamar ao mil folhas. Também sou guloso !

Leana disse...

Sem dúvida, tens aí um irmão tudo de bom. I mean, um bom irmão :D

Já agora, não poderias tu ter escolhido uma forma menos açucarada de assinalar o dia dos irmãos, não? Estou rodeada de pessoas cruéis pá!

Jedi Master Atomic disse...

Há uma formula que nunca falha quando é para repartir bolos.
Um corta a fatia e o outro escolhe primeiro, assim é sempre justo ;)

Pusinko disse...

Ricardo,
Eu como poucos doces, e prefiro os caseiros. Ainda assim redo-me aos de pastelaria no caso de natas/pasteis de Belém, bolos mil-folhas de canela e croissants de Guimaraes :)


Leana.. sorry hun, espero que estejas a conseguir!

JEdi, excelente observacao! Mas, aqui entre nós, a régua é um mito a repetir, pelo menos no caso dos bolinhos de canela... ahhh que gula!


Bacio a tutti

Paula Nogueira Guerra disse...

Olha eu não posso dizer o mesmo mas... vivo com outras coisas boas que a vida me quer dar.

Queres ser minha mana? :D

Paula Nogueira Guerra disse...

PS: eu até faço uns doces maravilhosos.... com canela ;)