quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Dá que pensar



Sobre o que, e como, comem os portugueses. AQUI

"Comem duas vezes mais carne, óleos e gorduras do que o recomendado; têm um défice de consumo de produtos hortícolas de 79% e deviam comer o dobro dos frutos. O estudo mais recente sobre alimentação em Portugal indica que 51% da população adulta tem excesso de peso. "

Sem tecer comentários à Roda dos Alimentos (talvez nao tenha a distribuicao ideal...), o facto é que a imagem ao lado assusta. Come-se muita chicha.

5 comentários:

AC disse...

Não é por acaso que as pessoas estão cada vez mais gordas e as crianças também.. este ano na praia só via crianças badochas.. não tenho nada contra os gordinhos, mas tenho contra quem não entende que o colesterol a diabetes, a destruição das articulações pelo peso, e mais outras tantas coisas.. essas sim são nocivas para a saúde e provocam a incapacidade e morte precoce.

beijinho Pukas

Noa disse...

Muitaaaaaaaaaaaa chicha mesmo!

D.Pereira disse...

é verdade... eu até gosto mais de peixe do que carne, mas percebo que principalmente hoje em dia torna-se mais difícil... o peixe sempre foi mais caro que a carne...

Joana disse...

Dá mesmo que pensar.

Eu estou numa fase da minha vida de adapatação de alimentação. Não tenho nenhum regime específico, mas sinto que tenho de mudar alsguns dos meus hábitos alimentares. Até agora estou a gostar das diferenças, embora ainda nãos ejam visíveis.

beijinhos

Poppy disse...

E o mais grave é que dentro do proprio compartimentosinho do peixe, carne e ovos o que mais se come é de certo carne.

Assustador... A minha irmazita está com um bocadinho de excesso de peso, alerto com frequência aos meus pais e eles têm cuidado (o pior são os avós com a história do mimo alimentar que não é mimo nenhum e eu também por lá passei), mas qual não é o meu espanto quando vou a uma festinha da escola dela e constato que fora duas meninas que são assim magrinhas magrinhas, ela é a mais o peso dentro do normal! Assutador mesmo. Dar fastfood a uma criança e má alimentação ao ponto de ficarem assim é praticamente o mesmo em termos de riscos de saude do que darem-lhes cigarros para fumar.

Beijo