segunda-feira, 27 de junho de 2011

Se precisas de uma mão para te ajudar,

Olha para a extremidade do teu braço. 


É um conselho útil e de confiança, excepto se alguém for maneta. De resto... é a realidade em vários aspectos.
Jogar pelo seguro.

13 comentários:

B. Cérise disse...

E cada vez mais acho que isso é verdade. Nós é que somos os maiores interessados, por isso toca a fazer pela vida:)
[a loja chama-se Schönhauser-design. Tem site e é na Weinmeisterstrasse 9b. encontrei o recibo na carteira:)]
Beijos*

Margarida disse...

O problema? Esquecermo-nos, por vezes, de que essa mão está na extremidade do nosso braço, e procurar apenas a dos outros...

Menino dos olhos azuis disse...

hahha eu diria outro - queres melhor? faz tu

L.O.L. disse...

Exacto. Hoje em dia ninguém ajuda ninguém. Eu também já não ajudo ninguém (excepto familiares em quem ainda confio).
Quando eu era um jovem sonhador dei a mão a certas pessoas sem esperar nada em troca. Acontece que, nos dias de hoje, essas mesmas pessoas fingem que nem sequer me conhecem e parece que já não se lembram que um dia precisaram de mim.
Se a Humanidade fosse cumpridora, agradecida, leal e respeitadora eu não pensaria assim.
Mas a Humanidade não vale um caracol.
Confio mais no meu gato.
Pois é.

António Branco disse...

claro que essa extremidade é das mais importantes. mas outras haverá. algumas conhecemo-las.
outras poderão lá estar para algumas coisas, infelizmente não para todas.
se precisares de alguma coisa diz.

Isis disse...

Eheheheheh. Sim é melhor pelo seguro...

A Minha Essência disse...

E quando se pensa que se "joga pelo seguro" e afinal trocam-nos as voltas? ;)

Joana disse...

Ontem tive mais uma prova que comprava esta tua teoria.

Beijinhos

Lost Soul disse...

se não for a mão...tem sempre o pé...aquele que tem mais à mão!!!


beijo

Me,myself & I! disse...

Sim...quando se quer uma coisa bem feita temos que ser nós a fazê-la...
Bom conselho!

who's yo' mama?! disse...

Mai' nada! ;)

Hathor disse...

Acho que vou pegar nessa frase e mandar fazer umas t-shirt en francês para distrubuir neste país maravilhoso onde me encontro.......
Nunca vi conselho tão bem dado.
Muito muito bom.

Pusinko disse...

B. Cérise: True story. Antes de mais confiar no que a gente faz, em vez de confiar nos outros seja para o que for.
E obrigada pela dica! Hei-de ir lá um dia.

MArgarida: por isso esta frase a relembrar que é mesmo assim. Antes de procurar nos outros ve em ti mesmo. Evita surpresas também.

Menino dos olhos azuis: sem dúvida. :) Funciona na mesma maneira!

L.O.L.: Nao sou assim tao radical... mas dado o que relatas, é normal reagires assim. Mas esta frase é também a lembrar que antes de pedir ajuda aos outros, devemos ver e fazer sózinhos. E isto aplica-se a tudo. confiar em si antes dos outros.

António Branco: mas a expressao corrente é "se precisares de uma mao, avisa"... MAs é bom saber que há outras maos disponíveis :)

Isis: Pois é. A vida tem ensinado bastante nesse sentido nos últimos anos.

A Minha Essencia: pois... aí... Mas jogar pelo seguro comeca por nao procurar nos outros, ajuda ou o que for. Só depois de comprovado que é preciso mais do que nós conseguimos fazer.

Joana: Podem nao ser as experiencias mais agradáveis, mas ensinam como nenhuma outra... :/

Lost Soul: lolol ou isso. O que estiver mais à mao e for nosso. que pelo menos é contigo que lidas.

Me, myself & I!: Normalmente sim. E cada vez mais se verifica isso.

who's yo' Mama?!: nao é? doq ue é teu podes julgar melhor do que se esperas dos outros.

Hathor: E esse país é Franca ou outro dessa língua? Por mim podes imprimir em todas as línguas. Nunca é demais :)


Beijokas a tutti