sábado, 7 de janeiro de 2017

Frase do momento #46



"É preciso deixar a vaidade àqueles que não têm outra coisa que os recomende"


Julie D'Aiglemont in A Mulher de Trinta Anos, Honoré de Balzac

4 comentários:

AFRODITE disse...


Balzac tem "tiradas" espectaculares.

Ainda hoje de tarde comi um um chocolate Baci (curiosamente quem mos ofereceu foi aquela que te ungiu no dia do teu baptismo) e calhou-me uma frase de Balzac que dizia assi: "Il y a toute une vie dans une houre d'amour".

E esta hein?
Bisous
(^^)

Ricardo Santos disse...

Pusinko julguei que tivesses "congelado" com o Inverno Alemão ?! :)

Pusinko disse...

Afrodite,

Tem sim, e eu tenho-me entretido a ler a Mulher de 30 anos nas viagens de metro. Rende porque não chega a meia hora por dia, regra geral :)
Essa frase que te calhou no Baci (e o que eu gosto desse chocolatinho?) é bem bonita e tem muito sentido. Melhor, só muitas horas d'amour! Faz lembrar um dito de uma senhora real que er ao seguinte "antes rainha uma hora que princesa toda a vida" :)

Reais ósculos e xi-coração com saudades <3


Pusinko disse...

Ricardo Santos,

E congelei caríssimo Ricardo! Foi uma micro Idade do Gelo que se me acometeu desde Abril. Fui, apesar dio estado muy comatoso deste canto, visitar algumas vezes o Pacto Português, o Jardim da nossa Afrodite e uns 3 ou 4 outros até ao dia em que o Blogger teve um ataque e me rapinou a lista de blogs por uns meses. Aí foi mesmo Inverno. Mas, tal como a Rainha Santa Isabel tinha rosas no regaço em pleno Janeiro, assim eu tinha um balão de oxigénio e uma manta quentinha para este blog, a modos que está a retomar as cores de antigamente :)

Um abraço e obrigada pela visita :)