segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Update da novela mexicana


Lembram-se da Tempestades del Corazon?

Pois é, Marisol pariu de novo. Desta vez uma linda menina, chamemos-lhe... Azucena? Milagros? Pilar é muito batido, Mercedes é carro alemão... Esmeralda é no anel, Guadalupe é de onde vem uma Nossa Senhora... Hmmm e que tal Maribel?
A crer naquilo do crescei e multiplicai-vos que Marisol segue, irei fazer revisões a este post mais vezes. Felizmente já me equipei com meia dúzia de possibilidades para cada género :)

3 comentários:

C.N. Gil disse...

LOL

Imprevisível, isso!

Novelas mexicanas são a coisa mais complicada (e com menos lógica) do mundo!
(mesmo na vida real!)

:)

AFRODITE disse...



Alvíssaras, senhora... alvíssaras!
Tu tinhas dado sinais de vida e eu não tinha dado conta!! :)
Pois, pelos vistos andas muito ocupada em ser parteira (lol) e não tens tempo para nós! :( (sniff sniff)

Beijinhos e felicidades para a piquena (e resto da família)!

Pusinko disse...

CN Gil,

Ou previsível demais nesta fase do viveram enfilharados para sempre.... A este ritmo, e sendo ela boa parideira, teremos o elenco completo para uma novela mexicana no espaço daqui por 20 anos. :)
O mais especial sobre esta novela é que, excepto os nomes, não me atrevi a nenhuma liberdade literária, já que era enredo suficiente. Um dia, quem sabe, construo um argumento à volta distoe vendo para a TV Guacamole ou isso :D

Beijinhos!


Afrodite,
Bem aventurada sou por finalmente ter feito o gosto às falangetas, não é? Eu queria voltar mas nem sempre é fácil. Por exemplo, o dia que hoje passa (vide profundidade dos posts de hoje, 24/11) começou ontem. Não durmo desde ontem às 10 da manhã por razões várias, nem todas elas más, mas com péssimas consequências. Há 5 semanas a passar que me lesionei nos tendões nos 2 tornozelos (jackpot no loto nem vê-lo, mas em maleitas ninguém me ganha); ainda não me curei e não parece que vá tão depressa assim... a ver se começo fisioterapia me breve. (Isto porque me dediquei no ginásio e estraçalhei toda, raisquilhe o desporto pá). Em consequência, as partes mais importantes do meu trabalhao não têm sido feitas, o que impõe uma pressão brutalíssima em mim para quando recuperar. Agora que já fiz as queixinhas todas, vou fazer um chá de menta fresca a ver se limpo os chacras :D

Xis corações mui grandes a você e aos seus <3