sábado, 16 de março de 2013

Tea Party com cannabis ou o elogio da hipocrisia



O deputado Steve Katz "que há dois anos votou contra a legalização do uso da marijuana para fins medicinais foi detido na quinta-feira por posse de cannabis."
Foi "eleito em 2010 com o apoio do movimento Tea Party".
Veterinário de profissão, Katz perdeu a licença profissional no ano passado depois de acusações por maus tratos a animais.


Mais do que uma contradição de si mesmo, este senhor goza à força toda com os radicais que o apoiaram: Ah e tal, já cá estou, obrigadinho, mas agora vou fumar um charro. Até mais.

Fume o que quiser e dê os tiros no Tea Party que bem entender, que isto da política é um jogo de marionetas. Já no âmbito dos maus tratos a animais, perder a licença não basta. Arrancar a pele do braço, barrar com mel e entregue a vespas e mosquitos parece-me mais adequado.







(Começo a pensar que é melhor não ler sobre tortura medieval e condenações à morte na antiguidade antes de dormir.)


4 comentários:

Black Sun disse...

infelizmente há muita gente que descarrega as suas frustrações nos animais...



beijo


ps: o meu menino de 95 kg é de longe o meu maior amigo

Joana disse...

Não sei como consegues ler sobre tortura mediaval. Desde pequena que me sinto arrepiada quando ouço falar das torturas praticadas na altura mediaval. A única razão que tenho para explicar isto é que andei por lá e senti na pele as mesmas, só pode...

Beijinhos

Paula Nogueira Guerra disse...

Cortem-lhe a cabeça!!!

Poppy disse...

Repugnante... Este é o nome da hipocrisia, vota contra faz outra coisa na intimidade, enfim... Quanto aos testes em animais nem comento...