sábado, 23 de junho de 2012

Isto de ter 13 anos outra vez OU como a coca conserva e não é pouco


Uma prendinha de aniversário fora de época que recebi, foi um bilhetinho para os Ugly Kid Joe que regressaram ao activo com novo cd.
Ugly Kid Joe... Ugly Kid... quem recorda? Toda a gente, é óbvio (excepto a gera que andava de fraldas na época). Pelo menos a Everything about you
Ou Cats in the cradle (melhor cover desta música é deles, aliás)
Ou Cloudy skies, ou Milkman's son (ambos do Menace to Sobriety), ou ou ou America's Least Wanted completo xD

Vinte anos volvidos desde o 1o vídeo de cima, tenho a  dizer que o gajo possui a mesma energia em palco, é super interactivo e eu tenho um crush musical renascido.
- Ah e tal, e porquê? - perguntam as meninas
- Ora, eu esperava que o Crane não fosse tão absolutamente bom da cabeça aos pés (e loiro, bem sabeis que não derreto por eles facilmente), um sorriso matador, os dentes brancos (e todos já agora... a Whitney não tinha 11 esmaltes nem cepto nasal com a rica vida que levava)... pah, esperava diferente. Aos 44 anos é a prova que a idade só nos faz (muito) melhor.
Urge, portanto, um estudo sobre se o elixir da juventude inclui substâncias duvidosas. Isto porque me abeiro perigosamente dos 30 e são questões que se colocam. Ou estou aqui a mandar bitaites sobre alguém que só bebeu água um show inteiro... Quero casar com um tipo que envelheça em modo "Vinho do Porto reserva", e o Crane servia bem.

 A foto não é minha mas de alguém que esteve no mesmo evento. 
Não vi, aliás, nenhuma foto recente na net que faça jus ao que é em xixa e osso.

- Ah e tal, Pusinko, mas isso é ao longe.
- Pois não é. Os braços cujas extremidades vos teclam, abraçaram o moço (para a foto) e quase perdiam o chão perante aquele sorriso arrasador. Desde então não consigo referir-me a eles (o: Klaus e o Dave são igualmente fixolas :o) sem descair para o crush-pita-de-13-anos ou crush-revival-se-aos-13-sonhava-agora-era-levar-te-para-casa-tomar-conta-de-ti-e-bolinha-vermelha-a-partir-daqui.
Tenho autógrafo, fotos e abracinho... estou que nem posso  xD



PS: Sempre achei  a Dalila Carmo gira, com um toque invulgar e olhos maravilhosos. Agora que a vi sem maquiagem e  modo desportivo a cafezar por estas bandas, só tenho a dizer que  confere: au naturel continua linda.


E assim se resumem os pontos altos de duas semanas de pupu. 

5 comentários:

Dreamcatcher disse...

...ui essa banda dava uma história ...para mim!!!



beijoooo

Pusinko disse...

Dreamcatcher,

Isto entretanto arrefece mas, a verdade é que foi um concerto excelente com musicas antiguinhas e muito contacto com o público. Há novo album que vou explorar, claro.
Esta banda ficou-me guardada por muitas coisas que nao 1 vocalista com pinta. Ainda hoje tenho uma cassete com músicas deles e uns outros rockeiros da época xD É 1 milagre que ainda funcione, dadas as vezes sem conta que girou!


Beijoooo

Joana disse...

Hahaha... o que me diverti a ler este post. Faz muito bem estes momentos. É através deles que sentimos que estamos vivos.

só para que conste, eu também quero "casar com um tipo que envelheça em modo "Vinho do Porto reserva" :P

Beijinhos

Catarina disse...

Ai fico feliz que tenhas conseguido ter de novo essas sensações de "pita crushes" :D

Concordo em relação à Dalila e à sua beleza invulgar.

Pusinko disse...

Joana,
Ainda agora sorrio só de lembrar......... tão NHAMI em tudo este moço.
E acho bem que te caia um homem-vinho-do-Porto.


CAtarina,
Eu não em imaginava capaz de reactivar a sensação de encanto por alguém que deixei de escutar há uns bons anos, cujas músicas no meu mp3 estavam reduzidas às que referi no post. E tem tantas mais!! xD
Pukas coraçãozinho Crane