sábado, 16 de junho de 2012

Do assédio na restauração


Duas vezes na mesma moite em locais diferentes.
O primeiro será levado à DECO cá do burgo já na segunda feira.
- Ah e tal Pusinko, mas se aconteceu algo inapropriado, o 1o passo é apresentar queixa ao gerente do estabelecimento.
- Pois... mas quando se pede a alguém para o chamar e quem surge à nossa frente  é o tipo de quem se ia fazer queixa, é capaz que não dê em nada. A modos que vou à defesa do consumidor e a qualquer entidade responsável por puxar as orelhas a imbecis filhosdumcargueirodemeretrizesqueosfornique.


E que latão é preciso ter para pedir desculpas entre sorrisos e acrescentar "Mas eu estou a ser simpático! Já pedi desculpa, sou amoroso e agora está tudo bem. Sentem aqui, que eu ofereço-vos uma bebida. Hi5?"  (sim, o latão foi ao ponto de levantar a mão para eu dar um hi5 da paz depois de um discurso nestes termos, literalmente). E foi aí que lamentei não lhe ter dado um murro nos dentes quando a manápula imunda ultrapassou a bolha de actimel do espaço pessoal.
Mas, vendo bem, posso sempre ir pela lei. Vou pela lei. Para variar.

Estou muito arreliada.



6 comentários:

Manuel disse...

E detalhes?

Pusinko disse...

Manuel,
nao sei como é possível um gerente (ou qualquer funcionário, aliás) passar a mão no corpo de uma cliente e depois, tentar por tudo disfarçar, desculpando-se numa condescendência paternalista como se a cliente se tivesse exaltado por uma merdinha de nada. Foi o acto em si, e o tentar inverter papeis.
Acho bem que, quem esteja num serviço destes, o faça com 1 sorriso/atitude amável, small talk (pouco comum por cá, aliás. E dispensável, muitas vezes).
Já conhecia o local e tinha óptima impressão. Agora tenho de agir convenientemente para esse pancrácio não achar que pode repetir a graça com mais alguém e passar impune. Já que não tive presença de espírito para lhe partir os óculos na hora. Estou ainda mais arreliada por isso.

Orquídea Selvagem disse...

Ai balha-me santa Engrácia... Eu entendi bem??
Tu foste apalpada num estabelecimento hoteleiro??

Apetecia-me fazer uma graçola pra te fazer rir... mas se estás arreliada ainda me mandas pastar!

Beijinhos e respira fundo. Não te arrelies pois infelizmente parvos há-os em todo o lado.

Joana disse...

"imbecis filhosdumcargueirodemeretrizesqueosfornique." Amo estas palavras que inventas. :D

Beijinhos

Pusinko disse...

Orquídea,
Fui sim.
E podes fazer graçolas que eu já me "desarreliei". E não mando pastar ninguém. Mandava com boa vontade o gajo bater com as calcificações da testa num poste. Isso sim :)


Joana,
Desde que tenho amigos e amigas a parir (7 crianças em 8 meses) tenho cuidado com a linguagem :D


Beijokas a ambas voceses!!!

PinkPoison disse...

C@ra***
Que lata!