quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Uma perguntinha sem interesse nenhum


que é qual?
É a seguinte: o que raio é fazer "presença" numa discoteca?
Sim, eu sei que há jet-set a viver disso... Deixem-me contextualizar a coisa.
Eu li que sr x, pai de uma concorrente a um reality show em Portugal, tem feito presenças em discotecas por todo o país.

Qual é o interesse disto? Quem vai à 1 disco ver a fronha de um parente de um participante num qualquer concurso - estrela instantânea de big bredas e quejandos? A sério, quem?
E há dinheiro para pagar a gente tão espectacular? 

Senhores organizadores de presenças,
Não me querem contratar para eu declamar sonetos de Camões (cantar não, que dá prejuizo), ou até para umas tertúlias dançantes? Eu vou e faço mais barato. Olhai que temos aqui um bom negócio, porque quando o concurso acabar continuo tão desinteressante como até aqui. Ou seja, não há desvalorização do investimento.
Para mais informações, podem enviar um email para o endereço no lado direito. 

4 comentários:

Confuskos disse...

Concordo plenamente com a pergunta!!

Por isso raramente faço "presenças" em discotecas!! Já lá as há em demasia!! ;)

Beijinho*

Joana disse...

Se eu soubesse da tua "presença" numa determinda discoteca ia, só para te conhecer pessoal. ;)
Eu que nem ligo a discotecas...

Beijinhos

Pusinko disse...

Confuskus, este ano, não fiz presença em discoteca alguma, e tenciono fechar o ano assim.


Joana: O contrário também é verdade. Eu também te iria conhecer :)
A diferença é que isto é para gente que não conhece de lado nenhum, que não tem nada de relevante, que não é sequer belo de acordo com padrões sociais e da moda... e ganha 650 euros para ir a disco. Acho muito bem, se há quem pague, a vida não está fácil. Preocupa-me saber quem se interessa por isso, quem paga para ver 1 pessoa tão vulgar como todos nós.


beijokas a ambos :)

Malena disse...

Eu gustei muito de ber estes teus cumentários!!! A minha bida hoje até ficou mais intereçante! :P