quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

- O meu vizinho está deprimido.

- Ah e tal Pusinko... porque é que dizes isso??
- Porque está a dar George Michael em altos berros e, neste caso, implica que o abstrunto senhor esteja deprimido.
- E tu não gostas de George Michael?
- Tem músicas  e momentos. Sou uma pessoa sensível, que diabo. Mas esses momentos não duram 3 semanas em repeat num tom perfeitamente audível na Dinamarca.
- Sabes lá  se vai durar 3 semanas?
- Em 2 anos de convivência relativamente* harmoniosa criou-se um padrão a cada alguns meses.
- Então boa sorte com isso.


* harmoniosa SE não incluirmos a porta arrombada pelos senhores bombeiros, algemas e 1 noite no xadrez por não ter obedecido ao sr. polícia... e os srs polícias de cá amuam quando não lhes abrem a porta durante 30 minutos.  E uma multa de 10 centenas de euros por aborrecer os senhores agentes de autoridade, que sofrem dos nervos e custam ao erário público.
Ai, quem terá ligado a queixar-se da música technó-pastilhó-terrível às 3 da manhã? Não sei... todo o prédio? Podia, mas não foi. Nessa noite foi a vizinha do lado. Que é como quem diz, eu. Exceptuando esse evento (e mais 4, protagonizados pelos vizinhos de cima que têm uma bebé), temos uma relação dulcíssima.  Acredito que até hoje não sabe quem o fez desembolsar esses euros todos, sem contar arranjos da porta e tal. É a viding!

5 comentários:

Lost Soul disse...

só faltou mesmo aquela música pt com o refrão dos bailaricos

"há festa há festa na minha aldeia, mais um foguete a rebentar no luar!!!!


lolololololololololol

beijo
(sem algemas hehehehehs)

who's yo' mama ostrich?! disse...

Certa vez, eu andava intrigadíssima com um repeat absolutamente "escarafuncha-os-pulsinhos-com-uma-colher-de-chá" da "I believe I can fly" dum tal de R Kelly. A parte mais fofa da minha pessoa convenceu-me com um "deixa lá, lá alguém quer aumentar o agregado familiar", o que me manteve imperturbável durante 3 repeats. Ao 4º. passei-me, ao 5º. fui à janela ver se descortinava de onde vinha o som, e aconselhar antes uma clínica de fertilidade, ao 6º. aferrolhei-me debaixo do edredon e dormi de phones postos. Aquilo durou DIAS! Até que, para grande espanto meu, o som vinha dum micro monitor na porta duma loja nem sei bem de quê.

Nunca soube como, o que é certo é que ele lá desapareceu, e eu nem tive nada que ver com isso. Mas muito agradeci baixinho aos larápios da terrinha!

Malena disse...

Isso é que é um bom vizinho!!! Gosta de partilhar!!! ;)

Paula NoGuerra disse...

Que todos os vizinhos fossem sempre assim... era festa a toda a hora ;-D

Joana disse...

Uma vez também tive de chamar a policia porque o meu vizinho de cima resolveu ouvir dance music às 3 da manhã em altos berros. Pena que aqui não paguem multa.

Beijinhos