quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Acontecimentos cruzados num ponto


frio
janelas fechadas
em cima da hora pra um compromisso
taxi
transito
5 minutos parados
ao minuto 2, o taxista solta 1 pum
tosse e pigarreia para clarear a voz
enterrar o nariz na roupa (salvé ó cachecol com perfume do dia anterior)
Nao havia necessidade.
Prefiro o frio


(o ponto cruzado sou seu que estava no meio de tudo)

8 comentários:

Blair Randall disse...

hahahahaha...Sorte a tua Ponto, teres o cachecol á mao (ou ao pescoço) hahaha


xoxo***

Stargazer disse...

LINDO! Em Lisboa é precisamente igual, com uma diferença: metem os dedos no nariz para tirar macacos e abrem a janela para cuspir os escarros para o meio da rua.

Beijo Taxi Driver ;)

Joana disse...

Hahahahaha... Ainda bem que o cachecol tinha o cheiro do dia anterior.

Beijinhos

SuperSónica disse...

K horrorrrrrrr! LOL

AC disse...

Ca nojo, o homem era um porco!!
Sorte a tua teres o cachecol, senão morrias com o cheiro;)

LEANA disse...

Ahahahahahahahah só a ti!!!

Consigo -MESMO- imaginar a tua cara no meio disso tudo LOL

Big HUG

B. Cérise disse...

Ups... ;)

Beijos

CoisasDaGaja disse...

Um pum?! Really!? Não sei o que me fez rir mais, se imaginar a situação se o uso da palavra "pum" :))