segunda-feira, 2 de maio de 2011

Dia da minha Mãe

A minha mãe deu tudo o que podia e não podia. A minha mãe esqueceu-se de si pelos outros, mesmo quando não devia.  Principalmente quando não devia.
A minha mãe tem um sorriso especial e o meu é parecido com o dela. A minha mãe é loira e tem um olhar doce.
A minha mãe fazia bolinho de côco todos os domingos para eu levar para a escola no início da semana. É o meu bolo preferido de todos os tempos. Tão simples e tão bom.
A minha mãe matriculou-me no ballet, no judo, na ginástica desportiva, no karate, numa qualquer disciplina em que eu pudesse libertar energia. A minha mãe comprou-me as luvas no quinto ano, quando eu decidi que ia ser guarda-redes na escola.
A minha mãe sacrificou férias para eu e o mano irmos sempre apanhar sol.
A minha mãe mandou-me para o quarto estudar os rios (principais) de Portugal e a tabuada quando falhei no teste da escola primária. Ainda hoje debito direitinho.
A minha mãe nem sempre acertou nas decisões. Mas fez sempre o melhor que sabia em cada momento e essas, são as decisões correctas.
A minha mãe acorda-me a cantar (mas só na primeira vez que entra no quarto para nos chamar).
A minha mãe pôs no meu quarto a única orquídea que o jardim deu.
A minha mãe fez-me apaixonar pelo Danúbio Azul, pelo Lago dos Cisnes, por Santana e Elvis.
A minha mãe é uma lutadora em muitas frentes e muitas batalhas. Eu tenho orgulho em ser filha de gente assim.
Eu amo a minha mãe. Tanto.

7 comentários:

A Minha Essência disse...

Um bom resto de dia! :)

Kiss

Pusinko disse...

A Minha Essênca: Obrigada! É hora de nanar agora. Que amanhã começa pesado.
E a viagem foi longa.

Beijokas

Joana disse...

Que bela "declaração de amor". :)

Beijinhos

Daniela Pereira disse...

As vezes também me apetece escrever coisinhas assim bonitas e que não deixam de ser reais à minha mamã

Pusinko disse...

Joana: é uma declaração verdadeira. Daquelas que nunca se deixa de fazer porque é um vínculo para sempre :)

Daniela Pereira: este é um boa dia para dizer coisinha bonitas às mamãs. :)


Beijokas a ambas

Paula NoGuerra disse...

Que lindo ode à tua mamã!
Bjs orgulhosos nas duas***

who's yo' mama?! disse...

Tão lindo!

(por momentos, pensei "mas ela está a falar da minha mãe!" ;) )