quarta-feira, 20 de abril de 2011

Este mundo anda de pernas pró ar ou sou só eu que fiz o pino?

Enfim.
Nem vou comentar porque dava pano para muitas mangas.
Mas era capaz de perguntar ao colectivo de juizes se fossem divorciados e os padrastos das suas meninas agissem assim e os seus colegas considerassem que aos doze anos se dá umas quecas com todo o discernimento.
Aqui

13 comentários:

. Sofia . disse...

Cambada de filhos da mãe. -.-'

Mona Lisa disse...

Pessoas perturbadas, doentes e mentalmente instáveis é algo que não falta neste mundo. Eu não acredito na justiça há muito tempo e isto é só mais um exemplo que prova que é absurdo acreditar na justiça.Quem diz que devemos confiar e acreditar não sabe como é que funcionam as coisas na realidade. Qualquer pessoa minimamente informada sabe perfeitamente que um pedófilo não pode, nem deve viver em sociedade e andar por aí à solta, precisamente porque essas pessoas não controlam os seus impulsos. Infelizmente casos desses não faltam. Eu conheço pessoalmente raparigas que ficaram com as suas vidas totalmente desfeitas ainda em crianças e que agora se vêem obrigadas a continuar a conviver com as pessoas que lhes fizeram isso (que em mais de 95% dos casos são da família próxima) precisamente porque foram postas em liberdade. Mete-me nojo. Felizmente acredito na justiça divina.

Pusinko disse...

.Sofia. da mae para nao dizer outra coisa................

Mona Lisa: Tens toda a razao nas consideracoes que fizeste. E, infelizmente é a realidade. Mas, aqui, o que me choca nao é tanto que um pedófilo fez uma vítima. (Claro que é miserável.)
Está a moer-me mais o facto de ter sido levado à justica e vir para casa na maior.
Está a meter nojo a justificacao dada para o soltarem.
E, pior, a gente exalta-se com a aplicacao da Sharia nos países árabes e choca-se com os casamentos entre cotas e meninas pré-adolescentes... e depois ve-se disto num país que faz de conta que tem um sistema de Justica? Que colarinhos brancos? Que políticos ilibados? É inqualificável entender que uma miuda de 12 anos estava totalmente capaz de decidir ao ser aliciada ou ameacada ou o camandro, mas ciente do que fez?
Que vergonha de país.
:x

Mona Lisa disse...

Eu já nem fico chocada. Vê-se na violência doméstica...vê-se também nos abusos sexuais. Vão (praticamente) logo para casa como se nada fosse. Os únicos casos em que vi uma (espécie de) pena a ser cumprida, a mesma durou cerca de 3 anos. 3 anos - é ridículo! A rapariga ficou com stress pós-traumático e continua a não dormir bem por causa das insónias e pesadelos há mais de 8 anos; odeia o seu corpo, não se olha ao espelho, come compulsivamente e vomita e não consegue estar com rapazes. Ainda tem um longo caminho pela frente...enquanto aquele tipo anda feliz e contente da vida, a fazer sabe-se lá o quê com outras crianças...E tudo por causa da tão falada justiça. Eu até fico sem palavras quando o tema é este. O pior é que isto não é só aqui, é em qualquer lado.

Sonhadora disse...

Sabes que te digo? PQP esses gajos e quem os liberta....!!!!

Pusinko disse...

Mona Lisa: Na violencia doméstica tem de ser apanhado com a boca na botija. Nao há medidas para proteccao das eventuais vítimas até se apurarem detalhes.
No caso que relataste........... nao sei que diga. Um entre tantos por punir. Que, como disseste, "espécie de pena", 3 anos sao cócegas.
Eu sou favorável à castracao. Ou métodos mais carniceiros.

Pusinko disse...

Sonhadora: é isso. Todos deviam ser castigados. Se uns sao doentes, outros sao maus. :x

who's yo' mama?! disse...

Que vergonha!

O mundo não anda de pernas para o ar: já deu é tantas voltas para o lado errado que agora já não se segura a si mesmo, nem sabe mais encontrar o equilíbrio.

marta disse...

e assim se perde a fé na justiça. andam uns a fazer leis para que outros não as façam cumprir.

e qualquer um que imagine o mal que se fez a esta criança, que durma descansado!

Pusinko disse...

who's yo' mama: se calhar é mais isso. Mas é um desiquiíbrio a muitos níveis, uns mais nojentos que outros..

marta: eu já tinha perdido. Quer quer que seja responsável nunca padeça do reverso da medalha para não afectar criança nenhuma. Seja só phodido à força toda por um pinheiro.

Daniela Pereira disse...

Nem dá para imaginar que uma criança de 12 anos tenha relações com o padrasto de 40 por livre vontade, porque sinceramente isso não acontece.

Pusinko disse...

Daniela Pereira: Pois não dá. não tem cabimento nem no mundo imaginário quanto mais real! E vai-se a ver... e o resultado é este. :x

José disse...

Isto é inacreditavelmente chocante... Justiça de merda!