quarta-feira, 16 de março de 2011

Voltar à carga ao cabrito do dentista espanhol

Eu vejo nesta seccao do blog da Ana, o que ela tem em mente para a sua chefe, é, sem tirar nem por, o que eu gostava de aplicar ao estafermo do dentista espanhol que me tratou antes de eu encontrar uma profissional. Já falei dele aqui mas, mudei de ideias e  considero que um furúnculo no rabo nao é suficiente. 
Nao tarda estou naquela cadeira do demo à espera da agulha, da broca e dos detergentes e da cara da senhora envergonhada com a capacidade de algumas bestas da sua classe profissional conseguirem danificar algo que estava só a precisar de 1 tratamento eficaz... e agora precisa de um milagre.

Milagre também vai ser preciso para salvar o coiro deste indivíduo se o vejo à minha frente. Que nerrrrvos!


3 comentários:

Sammael the Morning Star disse...

também gosto de vir por aqui ler os teus pensamentos...


quanto às cadeiras dos estomatologistas...pois a mim também me dá arrepios...mas quanto ao demo...ele é boa pessoa -__-


bj

A Minha Essência disse...

Risos... vá, pensa que é necessário... ;)

Kiss

Pusinko disse...

Sammael the Morning Star: esse dentista podia ser frito em azeite... dEbitei teorias no post seguinte ;)
E sim, o demo nao é mau tipo mas eu gosto da expressao :p

A Minha Essencia: Ora ve o post seguinte para veres os meus receios concretizados......... :'(

Beijokas aos dois :)