quarta-feira, 16 de março de 2011

Grande Entrevista: O caso do Carniceiro Espanhol

Tivemos hoje em estúdio uma vítima do Carniceiro espanhol, nome pelo qual comeca a ser conhecido o dentista que fez um estágio profissional com o Dexter. A nossa correspondente em latitudes superiores a 50 graus N esteve com uma vítima do cabrao alegado criminoso. A entrevista é reproduzida na íntegra. como medida de proteccao optámos por manter o anonimato da entrevistada.
P. - Pusinko
V. - Vítima


P. - Olá! Bem... esteja à vontade se precisar de uma pausa... Como se sente?
V. - Bem, vou ter uma opera...
P. - Triunfo?
V. - Mau, se é para brincar vou já embora.
P. - Desculpe, ainda sou nova na seccao criminal deste Blog.... Continue, por favor.
V. - ...É uma operacao ao dente (e gengiva) que o filho de uma cancela batedeira do dentista espanhol achou que nao precisava de tratamento. Na opiniao dele era mais o dente saudável do lado... e ele.. ass... assassinou... schuif...schuif...
P. - Errr... tome  lá um lencinho.... Quando vai ser a dita operacao?
V. - Hmmm... vai ser um dia, quando eu menos esperar e houver vagas. Brevemente, portanto.
P. - E é complicado?
V. - Um bocado, pelo que a profissional de Medicina Dentária que me acompanha explicou, é coisa para uns ais.
P. - E depois?
V. - Depois vou fazer um detox de alguns dias a suminhos de verduras muito saborosas e frutas docinhas, enquanto a fronha desincha. Será o único aspecto positivo de todo o processo a par de usar palhinhas às cores para beber.
P. - O que tem a dizer acerca da dentista que a acompanha?
V. - É uma senhora de valor.
P. - E há algo que gostaria de dizer ao dentista espanhol?
V. - Assim de repente, nao há nada que lhe queira dizer, mas há muitas ideias extremamente lúdicas do ponto de vista sádico que gostaria de concretizar nele.
P. - Que sao quais? Quer partilhar?
V. - Sao algumas, mas prefiro guardar para mim. Além disso, se formos por aí, o seu Blog vai precisar de bolinha vermelha.
P. - Ahhhh, sendo assim é melhor deixar no ar. Só por curiosidade, em exclusivo aqui para o Blog, onde se inspira para essas práticas pouco ortodoxas?
V. - Ahhh tem graca, pouco ortodoxas sim senhor, mas é um facto que há abundante literatura a respeito. Já muito foi feito, nem vale a pena inventar. "As 5 dores" da Dinastia Qin, o "Touro Siciliano" de origem grega ou o "Suplício dos Botes", método clássico da antiga Pérsia sao bons exemplos da crueldade dos povos antigos. No entanto, equaciono adaptar a "Morte por Mil Cortes" dos criativos, mas sempre poéticos, chineses, para "Morte por Mil Brocas". E fico por aqui. (Pisca-me o olho com ar cúmplice)
P. - Muito obrigado por aceitar o nosso convite para a Grande Entrevista!
V. - Ora essa. Obrigado eu. Se a minha história servir para evitar que outros se sentem naquela cadeira, já é uma grande vitória.


Já nos bastidores:
P. - No início referiu-se a ele como "filho de uma cancela batedeira". Isso tem algum motivo especial?
V. - Tem sim. Podia dizer filho da puta, mas a anestesia impedia-me de pronunciar correctamente.
P. - Ahh está certo. Vamos tomar um cházinho?







6 comentários:

joamaro disse...

LOOOOOL O QUE EU ME RI! Tás mesmo inspirada. O gato Fedorento ainda te contrata para escreveres umas coisas! Já me alegrou a tarde.
beijo

Pusinko disse...

joamaro: Vinha do dentista, no eléctrico até à Universidade e tinha o caderninho à mao e saiu... deve ser da anestesia.
Agora que é oficial precisar de operacao, vou espumar jsempre que for ao supermercado, porque ele trabalha (?) mesmo ao lado e vou ter de me controlar para nao ir acertar-lhe o passo ao consultório.

Beijao
PS: O GF bem pode, contratar... ao que me pagam aqui, vou feliz juntar-me a eles xD

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Obrigado pelas gargalhadas que me proporcionou. Ainda bem que fiz uma pausa no trabalho que não estava a correr nada bem e vimn até aqui.

Pusinko disse...

Olá Carlos
Ainda bem que serviu de alguma coisa este episódio de hoje. Saber que vou ter a cara a inchar, pagar uma exorbitância e não poder sair de casa... é coisa para me afectar os humores. Mas pra gargalhar estamos cá :o)

Mona Lisa disse...

Por estes lados há mais um "grande especialista" (dentista) que só anda a fazer estragos a torto e a direito. Às tantas estudou com o outro lol **

Pusinko disse...

Mona Lisa:
Lamento saber isso. Mas se quiseres sou menina para me armar de vara de marmeleiro e fustigar as costas desse desgracado contigo. Queres?
Quanto ao espanhol, já convidei o meu irmao a vir cá ajudar-me. E sabendo o aspecto de um e de outro, o dentista vai ficar feito num bolinho de fubá.

Beijinhos :o)