quarta-feira, 30 de março de 2011

Um polvo de coisas sobre mim III

  1. só gosto de adormecer de barriga para baixo;
  2. canto todos os dias para o meu gato que, mesmo assim continua a gostar de mim... isso é 1 prova de amor (enorme);
  3. a dança do ventre só trouxe vantagens na minha vida (saúde às costas) e incentivou ainda mais o gosto pelo Oriente Médio;
  4. antes de ter um gato, o plano era uma ratazana ou 1 cobra simpática;
  5. leite creme feito pela mãe é o melhor de todos os tempos;
  6. o mano faz a melhor limonada do mundo, e quase quase ninguém gosta*
  7. aprendi a ler legendas por causa do MacGyver, era fã absoluta;
  8. já comi gafanhotos fritos com salada verde e gostei muito** 
  9.  
    * o açúcar não abunda porque nós somos docinhos... :D
    ** também provei larvas num prato semelhante mas não repetia. Já gafanhotos... que rico!

      10 comentários:

      Miguel Bordalo disse...

      Eu também era fã incondicional do MacGyver, mas já viste um episódio daquilo ultimamente? Há séries que nunca envelhecem, há séries que envelhecem, e depois há o MaxGyver, que dá um paradigma totalmente novo ao conceito de uma série envelhecer com fúria!

      Pusinko disse...

      Miguel Bordalo: O MacGyver era o maior da aldeia. Mas nunca mais vi nenhum episódio... "envelhecer com fúria", queres desmistificar isso enqanto eu vou procurar um episódio online e ver mais logo? Tantos anos passados, que saudades de repente!

      Beijinhos

      Joana disse...

      Quando era pequena adorava caracóis. Hoje não os consigo comer e só de pensar a minha barriga dá voltar. Mas confesso que os gafanhotos me deixaram curiosa. Imagino aquelo estalido ao tricá-los... não sei é se ao vê-los à minha frente, os conseguia comer.

      Beijinhos

      Miguel Bordalo disse...

      Se conseguires acabar de ver um é só pelo amor que tiveste no passado, e terminas um episódio e sentes que uma parte da tua infância não foi bem aquilo que tu pensavas. Não é só envelhecer. É envelhecer a olhar para dentro, desconfiar do passado. Das nossas recordações mais ternas, agora deitadas à lama na parte de trás de uma lixeira, sem lugar sequer no aterro.

      Envelhecer com fúria.

      Se eu fosse a ti deixava o MacGyver nas boas recordações do passado.

      E agora vou ser mesmo negro. Talvez exagerar. Talvez... Quando morre alguém que gostas e cais no erro de ir ver o corpo, e depois arrependeste de esse ser a última memória que tiveste dela, e não aquele último sorriso na despedida. Ou aquela lágrima de amor incondicional. Mas isso já sou eu que tenho problemas a resolver!!!

      Ok o MacGyver não vai tão longe. Mas tem a ver com memórias e como por vezes é melhor não tocar nelas. Deixá-las estar.

      Pusinko disse...

      Joana: fiz um post para ti, para veres como fica :) e, quem, sabe te inspirares.

      Miguel Bordalo: Mudei de ideias. Quero conservar a imagem de paixão pelo génio do MacGyver que fazia maravilhas com chiclas e laranjas e canivetes suiços. Alias, Sou mega fã de canivetes suiços por causa da série, suspeito :)
      A tua explicação foi clara o suficiente :)


      Beijinhos ao dois

      Miguel Bordalo disse...

      O MacGyver é muito fixe! Muito porreiro mesmo. Uma série muito importante até pela mensagem "um bocado estraviada" da não violência. O tipo tinha muita imaginação. Era do caraças ver aquilo. Mas sim. Nâo vejas.

      José disse...

      Canivetes Suíços, hein? Ok... Notado... MacGyver? Sim, mega cena! Rever o actor no Stargate também foi giro! Duas séries completamente diferentes, mas memoráveis para mim. Tenho revisto o MacgYver por acaso de vez em quando... E como sou novinho, apercebo-me que afinal não percebia nada daquilo quando era puto... Apesar de adorar e não perder NUNCA um! Enfim, rever a série para mim felizmente não me faz envelhecer com fúria... Acho... xD

      Pusinko disse...

      José: Não vi o Stargate, mas sei que é com ele. Tu eras uma menino no tempo do MacGyver... como é? Lolol
      Ainda assim, não sei se vou rever um episódio. Para já estou bem assim. A minha criança interior nucna vai mudar d eopinião a respeito dele e da série xD

      Ricardo disse...

      gafanhotos?!?!? brrrrrr

      Pusinko disse...

      Ricardo: sim... gafanhotos. Foi para provar. E não me arrependi. Só não entraram na lisa de papinhas deliciosas :p