quinta-feira, 16 de julho de 2015

A enorme vantagem de usar sapatos rasos* é


que nunca se sabe se acabamos a noite num karaoke coreano e, assim como assim, (já que a voz de cristal não é o nosso maior talento), sempre escusamos de parecer a Branca de Neve e os 50 anões....

Sim, depois deste evento, voltei a repetir a brincadeira com a mesma colega de trabalho e uma amiga dela. A dúvida é: as aulas de canto são obrigatórias na Coreia do Sul (na do Norte tudo é obrigatório excepto questionar)? Porque catano hão-de cantar todos (quase, havia 2 piores que eu) tão bem? Eu sou do tempo em que ir ao karaoke era um evento raro e cujo objectivo principal era a palhaçada. Nem os que se safavam iam lá armados em Beyonces e popalhada da nota alta esganiçada.
A sério, gente de onde o dia começa, não envergonhem este lado do planeta, pá!





* Sandálias e sapatilhas, basicamente. O que eu não dou por uns saltos altos, mas as costas pedem moderação...

4 comentários:

Ricardo Santos disse...

Talvez por não serem do meu tempo, nunca achei grande piada aos "karaoke" !

Pusinko disse...

Ricardo,
Eu também nunca achei, nem nós temos uma cultura pop de karaoke. Creio que em Portugal é um programa que se faz esporadicamente, entre amigos para diversao de todos. Na coreia do sul e no Japao sao clássicos. O pessoal adora um bom karaoke, cheio de luzinhas e brilhos e snacks e brindes. E cantam... e nao é pouco. Aqui a menina é que foi 2 vezes com a mesma companhia e já sabia que ia ficar melhor calada, só nao contava que aquela malta fosse, na generalidade, tao afinadinha..
Vale pelas gargalhadas :)

AC disse...

Uma noitada de karaoke entre amigos é claro está, uma noite super divertida. Tanta macacada a várias vozes faz soltar as gargalhadas.

Beijo Miúda Pukas:))

Pusinko disse...

AC,
Lá está, o segredo é "macacada". Isso não acontece come stas pessoas com quem fui. a minha colega era cantora lírica antes de mudar 180 graus de área de trabalho. A amiga dela, não era mas safa-se em alto nível... já eu, boa voz para teclar...

Beijoka grande miuda.
PS: Adoro ler estas tuas aventuras ;)