sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Primês



Das tropelias de criança à amizade adulta forjada ao longo dos anos, aos nicks que só a ti permiti (porque me faziam rir embora dissesse que não), à paixão partilhada pelas artes marciais, aos brindes e segredos bem guardados, aos abraços no aeroporto e ao teu sorriso malandro que conquistava as minhas amigas... tenho saudades de tudo. Primês, a língua que inventámos há muitas conversas atrás e que nunca mais vou poder falar.


Lembro-me de cantarolares esta num almoço lá em casa,
um domingo qualquer, no ano qualquer em que conheci 
Bob Marley através de ti.






4 comentários:

Leana disse...

Aqui só um enorme beijo, tudo o resto já te disse "entre quatro paredes". Love you <3.

AFRODITE disse...


«a língua que inventámos há muitas conversas atrás e que nunca mais vou poder falar.»

Minha querida... aquele "nunca mais" deixou-me apreensiva.
Espero que esteja tudo bem.


Beijinhos (com uma ruguinha na testa)
:*

Pusinko disse...

Leana,
<3 u2


Afrodite,
Éramos só os dois a falar essa língua parva que inventámos um dia. Agora só estou eu.
Beijo

AFRODITE disse...



:(


Seguiu mail para a tua cx de correio da Sapo.
Beijo