terça-feira, 15 de outubro de 2013

Pusinko numa linha por olhos e ouvidos estrangeiros


Somatório das observações mais comuns a meu respeito por parte de estrangeiros:

Mulher com costela(s) árabe(s) e temperamento sul europeu que fala alemão com sotaque francês.

A verdade: Pusinko tem toda uma caixa torácica portuguesa (não se lhe conhece sangue infiel nas últimas gerações) mas, acima de TUDO, não tem sotaque francês em alemão.



Este post a propósito de, mais uma vez, perguntaram se era francesa ainda eu não tinha falado 30 segundos. Porque méeeerrrde insistem nisso? E mais, não remedeia nada dizerem que é um elogio. Não é nem quando estou de boina.





2 comentários:

Joana disse...

Olha que não é para todos ter assim uma imagem tão refinada.

Beijinhos

Pusinko disse...

Joaninha,
Ter, alegadamente, sotaque frances nao dá finesse a ninguém, salvo a falar frances.
Do resto, eu sei que tenho tracos (o nariz) e gostos pessoais (a fita na testa, os lencos) que me deixam no limbo do oriente médio, mas faz-me comichao no céu da boca que me digam que pareco francesa ao falar alemao. É por outras razoes mas por essa também que fico refugiada no ingles o mais possível :(

Beijinhos