sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Dai-nos, Senhor, a arteriosclerose (e trafulhice) de cada dia. Amén.

2 comentários:

Orquídea Selvagem disse...

Pois... são os interesses econónimos camuflados de "ideais"!

Hoje comi ao almoço, peito de frango grelhado e sem gordura...
O meu colestrol agradece! :)

Rachelet disse...

"Acabo de comprar uma sandes de frango e no meu carro sente-se o cheiro da liberdade"... credo. Nem em Fátima!