terça-feira, 8 de maio de 2012

Ó Marocas, e netos?


“Acho que é esse o caminho. A austeridade, tal como a definem, não tem sentido”, afirma, considerando que a obrigação já foi assumida há um ano, mas que “chegou ao fim”.
Para Mário Soares, não há razões para o PS se manter fiel ao acordo assinado em 2011 com aquela entidade, porque “tudo evoluiu: o acordo da ‘troika’, a ‘troika’ e o país”.


E dar uma volta à pista numa tartaruga gigante?  Quando chegares já é Natal e esqueceste que mandos e desmandos não levam ninguém a bom porto, quando se tem um país em crise. Digo eu que ando aqui por ver andar os outros. Não que ache maravilhoso o acordo, mas há que assumir e manter o esforço uns tempos. E mais, é por gente que retrocede nas decisões e promessas à velocidade da luz, que a classe política é vista com tanto carinho pelo povo.

9 comentários:

AC disse...

Também não acho o acordo maravilhoso, e a Troika ter-me tirado o Subsídio de Férias e de Natal não é uma coisa pela qual eu morra de amores, dava-me jeito ter férias e dava-me jeito comprar umas coisas giras no Natal mas reconheço que o País atravessa uma grande crise e que greves, revoltas, violência e roubos não ajudam em nada, basta ver ao que chegou a Grécia.

Gosto de ajudar a construir, e não a destruir:)

Beijo* Pukas

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Pseudo disse...

Se lhe cortassem as benesses, talvez houvesse a possibilidade de ele cortar no discurso.

Mas olha, digo-te já que o teu título nem necessitava de mais acrescento: assentava-lhe que nem uma luva. É que estou mesmo a vê-lo a baloiçar um petiz na pernoca rechonchuda a dizer "cavalinho, cavalinho, cavalinho, ..." e o puto a puxar-lhe as bochechas no fim!

Julie D´aiglemont disse...

Ele tem desconto. Afinal, não ficou conhecido por ser um grande 1º ministro no que se refere à economia... E com a idade que tem, culpa têm os que lhe dão tempo de antena.

A Minha Essência disse...

É vir o Diabo e escolher. :S

Kiss

Paula Nogueira Guerra disse...

É a mentalidade que tem de mudar... mas de TODOS os portugueses. Já digo isto há imenso tempo...mas o povo não quer mudar, prefere reclamar a trabalhar para uma mudança positiva. E viva o comodismo!

VIVA PORTUGAL XXX

Joana disse...

Não devemos dar ouvidos ao que ele diz, pois o "pobre" senhor já não diz coisa com coisa fruta da idade avançada.

Beijinhos

Pusinko disse...

Leitores queridos,

Gostei de ler as vossas opiniões e concordo, especialmente com o facto de se dar demasiada antena a este snhor. Antena e mordomia. Mas pronto. Era importante chamar à atenção do descabido que soou para mim ao ler a notícia.


Beijokas!

Pusinko disse...

Anónimo/a

Eu apaguei o comentário por haver referências mais ou menos subtis ou infundadas relativamente à autora deste blog.

No entanto, o resto do comentário é válido e vejo o Marocas é raposa velha que sabe tirar partido do mediatismo à sua volta e do facto de não encostar às boxes um bocado depois de sarapintar dezenas de anos na política.

"sabe-la toda" é verdade!
:)