sexta-feira, 13 de maio de 2011

Coisas que não gramo nadinha

- marmelanço ao meu lado no avião. No metro. Na carreira. No camião. No combóio. No barco. No carro. No balão de ar quente. Na nave espacial (nesta nunca experimentei mas assumo que não gosto lá também).

Schlép schlép. Pah!!! Orientem-se! Casalinhos melados duma figa.

- Ahh e tal Pusinko, estás a ser intolerante. Aposto que é porque terminaste uma relação há uns meses e estás ressabiada.
- A quem gera este tipo de pensamentos eu desejo que seja picado por uma vespa no rabo. De facto, não é por falta de remedeio à situação (e fico-me por aqui neste assunto, para já). 
- Hey! Não te exaltes também. Então e é preciso ficar abespinhada por causa de uma troca de mimos?
- O meu conceito de mimos inclui beijos em público. Mas não inclui o que se passou a 30cm da minha pessoa, tanto em termos de intensidade do som como da frequência com que se repetia.
- Pronto, está bem. És capaz de ter alguma razão nesse ponto.
- Pois sou. Hmmmpf

12 comentários:

pink poison disse...

E 30 cm, é o chamdo "espaço social" que só nós devemos permitir a sua entrada... beijoca

Pusinko disse...

Pink: É um espaço social que me incomoda em ocasiões como esta quando não me dizem respeito.......

Beijooo

Von disse...

Por mim os gajos até se podem estar a comer uma ao outro, que não me causa qualquer tipo de incomodo ou constrangimento. Mas respeito e compreendo a tua opinião.

Pusinko disse...

Von: Não me constrange propriamente. Mas incomoda-me que não se saibam situar ou ter em consideração que nem toda a gente se abstrai. Numa viagem de avião não é fácil trocar de lugar. O ruído de fundo do avião não interfere comigo porque é constante. Já os comes intensos ao meu lado irritam-me um bocadinho.
Pelo menos tu estarias na maior sem te incomodar. :) E a viagem seria na boa!

Beijo

Joana disse...

Eu sou como tu, também não gosto nadinha.

Beijinhos

Sérgio Pontes disse...

Pessoalmente compreendo o teu ponto de vista, comam-se lá como quiserem e com quem quiserem, etc... mas tentem não incomodar os outros, né?

Mas neste aspecto sou como o Von, não tenha nada contra, mas respeito quem têm

bjs

Pusinko disse...

Joana: Lá está... há tempo e espaço para tudo. Especialmente espaço. :)

Beijinhos

o anão gigante disse...

E que tal quando num bar além dos "comes e bebes" ele começa a meter a mão dentro das calças dela, ou a apalpar-lhe o rabo? Só digo que se gerou um círculo vazio, imediatamente e grande :)

Pusinko disse...

o anão gigante: parece-me uma situação semelhante... Há aquela linha que não é assim tão ténue que , ao ultrapassar deixa uma data de pesoal desconfortável. :x
Nem todos os locais públicos se prestam a essas cenas... digo eu.

Beijo

joamaro disse...

Os teus monólogos... xD
Realmente é coisa chata, casais muito melados...

Pusinko disse...

joamaro: irmão, isto não são monólogos. Tem tracinhos em cada linha a iniciar as falas. São, portanto, diálogos e acontecem na minha cabeça entre pessoas pequeninas que moram lá..........
Ahahahahah (Foi uma dessas pessoas pequeninas que se riu e gosta muito de ti, por acaso. Vozes? Quais vozes? xD

Bwijo enorme!

who's yo' mama?! disse...

Estou a 100% contigo!