quinta-feira, 14 de abril de 2011

Weekday vegetarian... a fair commitment

See TED  uma mini palestra. São 4 minutos.
Há formas de contribuir para reduzir a super produção de chicha que, na verdade, nem é tão boa e saborosa como a que se cria de modo mais tradicional. Nem tão saudável. 
Admitindo que o consumo de carne não é saudável de todo nos moldes actuais. O que antes acontecia era carne 2-4 vezes numa média de 14 refeições quentes por semana que corresponde aos hábitos de muita gente. Agora é quase diário.

Eu não tenho tendência vegetariana nenhuma. Muito me agrada uma chicha bem preparada (melhor se for a mamã). Também não pretendo deixar de lado receitas nem sabores tradicionais que são parte da tradição de povos variados. Sou fã de sabores e aromas, especiarias e culturas... mas há que ter um olho na sustentabilidade do planeta e na produção de metano por causa do gado, que supera a dos automóveis... se não nos preocuparmos com o entupimento das artérias e por aí.

5 comentários:

Joana disse...

De vez em quando, para ir variando, faço umas comidinhas vegetarianas e sabem-me sempre muito bem. :)

Beijinhos

.:GM:. disse...

Vario bastante na alimentação. Carnes e peixes quase sempre grelhados. Tento consumi-los de forma mais ou menos equilibrada. E até aposto mais nas carnes brancas, sendo que costumo ser mais vegetariano à noite. A idade não perdoa a ingestão de gorduras ;-)

António Branco disse...

tenho comido menos carne... mas não deixei. até porque acho que ser estritamente vegetariano (o que o palestrante nem defende) não é saudável. o nosso organismo parece ter sido feito para comer (também) proteínas animais. poucas, é verdade.

marta disse...

e eu sou vegetariana! se alguém estivesser interessado em trocar receitas.. :D

beijinhos

Pusinko disse...

Joana: lá está, ir alternar e reduzir um consumo de carne que é muito superior ao que deveriamos.

.:GM:.: é o que se pretende, variar cardápios. Além disso, ser "vegetariano à noite" também é uma óptima ideia. Jantares mais leves, noites mais descansadas :)

António Branco: eu também não pretendo deixar de comer carne, porque gosto. Somos omnívoros, mas há um exagero no consumo de carne nestes dias. E isso traduz-se em malefícios para a saúde.

Marta: Já nem me lembrava disso, ou nem soube.. Mas se tiveres receitas que queiras partilhar, pumba pró email que eu posso experimentar. Faço coisas simples ou cruas. E burgers vegetais. Não precisas mandar ideias com tofu que não é muito a minha praia :)


Beijokas a tutti :)