quarta-feira, 30 de março de 2011

Pessoas que gosto (muito): Mikhail Baryshnikov

Quem é?
Ui, é o moço de Sex and the City? Um dos namorados da Carrie? 
Não é o russo ricaço? Ahhh pois é! Ei que cena!
Não, não é. Quer dizer, também é, mas isso não é nada.
Este homem, que dá pelo nome de Mikhail Baryshnikov é só um dos melhores bailarinos do século. Passado. E deste, na volta.  Bailarino, coreógrafo, actor, um homem multifacetado.

Nasceu em  Riga, em 1948. Começou no Ballet aos 12. Entre muitos marcos numa carreira deliciosa, fica a passagem pelo Bolshoi, o American Ballet Theatre como bailarino principal,  o New York City Ballet onde aprendeu com o grande Balanchine e o Royal Ballet

Podemos ter pouco em comum... mas temos xD

Mais baixo que outros dançarinos, ficava facilmente oculto por uma mulher em pontas, o que o relegou para segundo plano várias vezes. Mas tinha talento, técnica clássica irrepreensível e uma paixão pelo contemporâneo.  Foi impulsionador de muitos espectáculos e apoiou imensos bailarinos através da Baryshnikov Arts Center.

E cá está, um verdadeiro artista. E com tanta pinta!


Porque vale a pena ver momentos de extraordinária 
beleza como este para ter inspiração na nossa vida

Obrigado pela contribuição gigante que deu às artes.

E na loucura beijinhos também, que eu gosto muito dessas piruetas.

8 comentários:

António Branco disse...

não me atraem :P

Pusinko disse...

António Branco: Olá :)
Pois, não é consensual, mas eu gosto imenso dele e das piruetas. E a maioria do que vi foi na net/youtube. Mas eu sonhava ser bailarina e o bichinho pela dança continua...

António Branco disse...

eu até acho que dança bem (do pouco que conheço)
mas se fosse uma bailarina :)

Pusinko disse...

António Branco: Qualquer dia ponho uma bailarina muito bela a dançar também :) Gosto de assistir. O Ballet delicia-me.

António Branco disse...

gosto. mas parece que gostas mais. acho que se a coisa é assim, deverias tentar seguir esse teu gosto... (eu sei... as coisas não são assim tão simples...)

Pusinko disse...

António: Para ser sincera, já deixei há tanto tempo que admito ter treinado artes marciais muito mais do que Ballet.
Na dança, agora, dedico-me à oriental que tem tanto a ver comigo :) E depois, as costas têm uma hérnia danada que obrigam a uma flexiilidade de movimento sem forçar. Fico-me por assistir a bailados e treinar outras artes. :)

Mona Lisa disse...

Adoro ballet desde que me lembro e adoro este homem, sem dúvida!

Pusinko disse...

Mona Lisa: Ballet era a minha paixão... aiii bons tempos.
MAs o Bryshnikov permanece. Conheço o trabalho dele há poucos anos, é certo, mas devoderi todos os clips o youtube e hei-de conseguir uma peça inteira em dvd :D