sábado, 26 de fevereiro de 2011

E a moquita que eu apanhei esta noite?

entrada: Salada de rúcula com figo e mascarpone. Molho de azeite (extra) virgem, balsâmico, mel e pimenta. Tostinhas com pasta de azeitona com 2 gotas de azeite de trufa branca (aromatizado).
Prato principal: bacalhau no forno com puré e camarão com molho de leite e especiarias várias ditadas pela imaginação e pela mãe*.
Sobremesa: gelado de baunilha (comprado) com molho quente de frutos vermelhos flambé (uma receita sempre feita a olho e sempre diferente :o)
Bebidas: Prosecco bruto, rosé de inspiraçao portuguesa (é o que diz no rótulo).
Porto Tawny 1996.

E quem se portou bem com o prosecco quase todo? Sim....... eu.
Este foi o jantar de aniversário que ofereci ao meu ex-ex- que fez celebrou recentemente 30 Invernos. Porque é que os mais importantes na minha ida são Aquários? Não sei........ Mas jantámos bem, os 4, já que os meus roomies são convidados automáticos nas poucas vezes que cozinho xD


* O efeito mãe é proporcional à qualidade da paparoca.


2 comentários:

patricio branco disse...

apetitoso mas com algumas, apenas algumas, calorias.
e sobretudo muita cor na com os pratos na mesa.
gostaria sobretudo da salada de rucula com figos e vinagre.
para o meu gosto, dispensava o gelado e punha uma fruta, uns morangos ou um pessego

Pusinko disse...

Patrício, benvindo :)
Bem, a salada de rúcula com figo é muito saborosa e o molho consiste em apenas algumas gotas para dar aroma. É leve e deliciosa.
O prato principal era mais pesado...
De sobremesa, eu ficava por 1 taça de frutos vermelhos e 1 Porto, mas os rapazes gostam de doce e o convidado principal então.. e foi para os fazer felizes.
A cor e o aspecto visual são muito importantes para mim :)