quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Das que me mudam para (muito) melhor



Always look on the bright side of life - Monty Python (Life of Brian)




Largo al Factotum  - G. Rossini (O Barbeiro de Sevilha) 



Rosen aus dem Süden - J. Strauss



Don't look back in anger - Oasis





Já cá passaram no blog, em alguns casos interpretadas por outros.
Sei as letras de cor e salteado. A 1a e a última são ideais de vida. A 2a faz-me (querer) cantar. A 3a faz-me dançar. Todas me fazem sorrir.



8 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

Always look on the bright side of death :P

POC disse...

3ª muito boa. 4ª talvez ainda saiba de cor.
Dueto para Dezembro?

Ricardo Santos disse...

Estou a imaginar a cantar o "Largo Al Factotum" de navalha na mão !! :))
Boas escolhas estas !

A Minha Essência disse...

Boas escolhas, sehorita Pusinko. ;) Principalmente a última. :)

Pulha Garcia disse...

um dia destes no skype ... se te portares com juizinho na escola.

Pusinko disse...

Jedi,
Always look on the bright side of death/Just before you draw your terminal breath ... mas até lá, bright side of life :)

POC,
Sao clássicos do meu mp3. Há mais para me animar, mas estas 4 sao supimpas no efeito.
Mais depressa aprendo a tocar uma do que me metia nessa de duetar com alguém. Isto porque, ao contrário dos candidatos em fase inicial dos Idolos e afins, eu tenho nocao das minhas capacidades vocais. Por isso estou melhor calada. Queres que acompanhe ao piano? :p

Ricardo Santos,
Nao deixa de ser uma visao catita, eu de navalha na mao e a cantar, uma combinacao do demo é o que é.
(Mas confesso que, em estando sózinha, canto e espero que Rossini nao de voltas na tumba nesses momentos).

Essencia,
Gracias. A 4a é um clássico de toda 1 geracao, creio eu. Nao sei de quem nao goste, memso que nao aprecie o género. :)

Pulha,
Nao deixa de ser um desafio, mas se eu nao tiver recados na caderneta vou cobrar.


Beijokas a tutti

S* disse...

Gosto tanto da Don't look back in anger!!

Pusinko disse...

S*
Eu também :)
Adoro as 4 por diferentes razões, mas lembro bem de ter postado Oasis pela 1a vez no blog.