quinta-feira, 4 de agosto de 2011

O problema dos nomes bué bué estrangeiros,


mas estrangeiros a sério (nada de Marie ou Charlotte, Juan ou Alfred), aqueles de gente do outro lado do mundo, com sons muito estrambólicos mesmo, é que ao contactar alguém, nem se sabe se é homem ou mulher, primeiro ou último nome.... uma salgalhada. 

A modos que me dificulta a vida quando estou a escolher um(a) futuro(a) roomie.
Capaz que seja chinesa. Japona... hmmmm 

Depois deste(a), vai ser a italiana artista, já estamos acertadas iupiiiii.


5 comentários:

Lost Soul disse...

olha onde trabalho apareceu um que se chamava...e não é tanga..

Fode Beem Jacabi

-____-


ou Mimosa Querida Paixão

Joana disse...

Viva o intercambio intercultural! :)
Eu também gostava...

Beijinhos

pink poison disse...

viver com um artista deve ser a loucura...

Ana FVP disse...

E ter de ir à sala de espera chamar um(a) Iolani??!!! Ah pois! Dizes sr. ou sra.?!

Era um senhor... e eu arrisquei e chamei por senhora!

Bah!

Daniela Pereira disse...

Não custa nada perguntar pá LOL