quinta-feira, 23 de junho de 2011

Pessoas extraordinárias de carne e osso.


Decidiu estudar medicina porque era interessante e oferecia mais saida.
Mas o que gostava mesmo era de física.
Então entrou nos 2 cursos e levou ambos direitinhos durante 4 semestres, sem falhas.
Depois foi preciso um emprego em part-time para colmatar gastos. Optou por continuar a medicina, da qual também gostava.
Por regra os estudantes fazem algum tipo de investigação clínica e escrevem uma tese a respeito. Caso contrário terminam o curso com outro grau, quase equivalente, mas não "Dr.".
Ela foi fazer investigação num tema complexo. O que podia ser um ano, foram 3. Pelo meio, alguém lhe sugeriu que aprendesse a programar. E ela começou com Matlab e C++. Continuou, em paralelo interessada em física e equações.
Terminou medicina e começou a dar formação em programação direccionada para estudos clínicos enquanto devenvolve programas de análise de imagem (ressonância magnética). Faz algum serviço clínico.  Corre 60km por semana. Gosta de música techno. É uma festeira de primeira linha. Teve uma infância que não se deseja a ninguém. Nem a quem não se gosta. Nem merece o que está a passar agora.

É minha amiga. É uma inspiração. É a primeira pessoa que vou abraçar amanhã.  Porque às vezes, a nossa vida e problemas reduzem de tamanho ao verificarmos que há penhascos muito mais altos e encostas muito mais escarpadas que as nossas. A autora deste blog está com vontade de sair de casa e atravessar a cidade toda para entrar num hospital e segurar uma mão que treme muito neste momento.

13 comentários:

pink poison disse...

Os meus parabéns. É uma lutadora e vence todos os dias. Nunca parou... Que orgulho ter uma maiga assim (tenho alguns que t~em percursos similares e fico toda orgulhosa deles)
Beijufa...

Joana disse...

Eu já tinha saido de casa ;)

Beijinhos

Pusinko disse...

pink: é uma lutadora e vai vencer mais uma batalha. Daquelas que não dependem dela, mas do que tem ou não de ser.
Sim, tenho muito orgulho de ter amigas com vontade de ferro que se superar constantemente. beijooo


Joana: eu tenho acesso facilitado a certas áreas restritas, mas neste momento, já confirmei que não será a melhor altura. :/
Amanhã antes de ir trabalhar é lá que irei estar, a fazer o que queria ter feito agora.
Beijinhos e obrigada pela força :)

Cricri disse...

Admiro a força de vontade da tua amiga. Quem tem essa vontade de viver e de realização pessoal também há-de conseguir ultrapassar o que quer se esteja a passar neste momento. Os lutadores conseguem sempre (um ombro amigo é uma ajuda preciosa).

António Branco disse...

essa tua amiga deve ser da minha família :P
mas não me queixo da infância.

Hathor disse...

Acredito no envio de "força/energia positiva" pela força da mente das pessoas, neste momento envio-te força a ti, para que tu possas transmitir a ela :) muita muita muita força.
Visita este site de uma amiga minha que reuniu muita energia positiva e que ganhou uma luta, e a vida dela :)
http://porqueacreditare.blogspot.com/

Pusinko disse...

Cricri: É uma vencedora. As coisas estão bem ancaminhadas hoje :D

António Branco: Lutadores é que é preciso! :)
Pois, eu também não tenho do que queixar na infância. MAs nem todos têm essa sorte

Hathor: eu também! Obrigada! Enviei sim. E ela precisou mesmo. Precisa ainda, mas tudo está melhor agora.
Foi um dia cheio, vou agora ver o site que me enviaste ;)


Bejokas a tutti

Paula NoGuerra disse...

Devia de haver mais pessoas assim.
Agarra-a BEM!
Bjs docinhos para as 2 xxx

JP disse...

Pusinko,
pela determinação e força de vontade da tua amiga e pelo carinho e amizade que nutres por ela só posso dar os parabéns às duas.
Beijo

Anónimo disse...

espécie de 2 em 1 .... farto me de rir c o q escreves ---- a sério ... Adoro qd estás .... bem disposto .... espero q a mãozinha esteja Boa ... Beijo

Pusinko disse...

Anónimo,
Agradecida pela simpatia.
Estou, de facto bem disposta. Mãozinha... mãezinha... ambas bem, obrigada.

Anónimo disse...

Entre provocações reggae ...e entradas restritas ou não ......... estou ..... não como queria ... mas não me queixo ..... Tudo de bom ...espero q tb tenha alguém a enviar para si energia Boa .......... isso passa entre os seres q se gostam ...até os q não se gostam tanto .... Beijo

Pusinko disse...

Anónimo,
Tudo de bom a si também.
Felizmente tenho quem me envie energia positiva, assim como eu envio a que tenho.
O ciclo nunca pára. Os seres que não se gostam tanto, como refere, são importantes na mesma, fundamentais, embora mais difíceis de gerir em termos emocionais. Portanto, é estar grata a todos (ou aprender a agradecer) e o Universo trata do resto. Claro que é mais fácil exprimir isto àqueles por que nos são mais próximos do coração.
No fim, dá tudo certo.